Casa Levis: espaço cultural e alternativo em Botafogo

Casa Levis: espaço cultural e alternativo em Botafogo Levi’s inaugura para o público amanhã (sábado, 29) um espaço cultural e alternativo em Botafogo. A programação da casa temporária, que vai só até dia 20 de maio, abre espaço para bandas independentes do Rio, como Mohandas e Biltre, e deixa o grande encerramento por conta de…

Las Papas: uma agradável surpresa em Botafogo

Las Papas: uma agradável surpresa em Botafogo Enquanto a minha lista de lugares para visitar no Rio só cresce,  alguns apenas surgem despretensiosamente e furam a fila. Um deles é o relativamente novo Las Papas,  em Botafogo, inaugurado em Setembro de 2016. A música animadinha e as cadeiras de praia em plena calçada da Voluntários…

Um dia na Região Portuária do Rio

Durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, milhares de pessoas, entre turistas e cariocas, foram para o Boulevard Olímpico acompanhar a transmissão dos jogos, conhecer o novo espaço ou até mesmo assistir a shows gratuitos. Bom, os Jogos acabaram, mas a Praça Mauá continua lá. Nesse post, vou falar um pouco do Museu do Amanhã e…

5 lugares descontraídos para tomar vinho no Rio

Uma das coisas que eu mais amo no Rio de Janeiro é o nosso jeito leve, descontraído e informal de ser. Andamos por aí de short e chinelo “meixmo”, não ligamos muito para marcas e ostentação e amamos um boteco. Mas nem só de cerveja gelada vive o Rio: nós também temos bons lugares para tomar…

Hocus Pocus DNA, Botafogo

A marca carioca de cerveja Hocus Pocus tem a sua própria cervejaria física, a Hocus Pocus DNA (Rua Dezenove de Fevereiro, 186, Botafogo), que virou um point do bairro. Ao chegar, já se vê um burburinho na porta. Gente em pé, conversando, bem típico dos bares cariocas. As cadeiras de praia (sensacional!) finalizam o toque descontraído. Para…

Como entrar de graça no Bukowski

It`s only rock n` roll but I like it  Pra quem não conhece, o Bar Bukowski (Rua Álvaro Ramos, 270, Botafogo) é um casarão que abriga festas de rock desde 1997! São vários ambientes, quatro bares, uma área externa super agradável com narguilé e show de rock ao vivo na garagem. As filas na porta mesmo em tempos…

Palácio da República

Pra quem não sabe ou não lembra, o Rio de Janeiro foi capital do Brasil até 1960! E, por isso, os presidentes moravam aqui, mais precisamente no Museu da República, também conhecido como Palácio do Catete (Rua do Catete, 153).  A melhor maneira de chegar lá é de metrô, saltar na estação Catete e é só…

Grafites menos badalados do Boulevard e a inauguração do AquaRio

O Boulevard Olímpico mal inaugurou e já desbancou vários pontos turísticos aqui no Rio. Estima-se que 1,4 milhão de pessoas já tenham passado pelo local desde 05 de agosto, tornando-se um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. A atração principal é o grande mural do artista Kobra, que entrou no Guinness Book como o maior grafite…

3 motivos para não odiar segundas-feiras

Ah,  segunda-feira… Dia de ficar em casa, no máximo ver um Netflix antes de dormir,  certo? Não necessariamente! Vem ver no post 3 motivos para não odiar segundas-feiras:  1. Samba da Pedra do Sal   A Pedra do Sal fica embaixo do Morro da Conceição, e foi tombado como patrimônio histórico em 1984. Fica na área chamada Pequena África, por ter sido ponto…

O que fazer (e não fazer) na Lapa

Última atualização: 30/03/17. A Lapa é um dos points noturnos mais famosos do Rio. Entre os cariocas, no entanto, está longe de ser uma unanimidade. Nem todo mundo ama, mas uma coisa é certa: a Lapa é um dos lugares mais democráticos do Rio. Tem quase tudo. Por isso, recomendo entrar no lifestyle carioca e não decidir nada…

Um dia em Santa Teresa

         Eu estudei quase a vida inteira em Santa Teresa e morei lá por alguns anos. Sou apaixonada por aquele pedacinho de Rio antigo e costumo dizer que a terra do famoso bondinho tem muito mais a oferecer. Por isso, resolvi criar esse post com uma sugestão de roteiro por lá. Se você…

Rio de bicicleta

Olha, por mais que nosso querido (sqn) prefeito insista no marketing de “Rio, cidade das bicicletas”, tenho que ser sincera com você: não é bem assim. Em termos quantitativos, temos até uma boa malha cicloviária. Mas ela ainda é concentrada na Zona Sul – a parte turística da cidade – e é muito mal-planejada. Eu…