Mostra Maré Cheia de Cinema, Ponta Negra/Paraty

Quer uma dica de viagem pro feriado? Então se liga: vai rolar a sétima edição da Mostra Maré Cheia de Cinema, entre os dias 13 e 16 de abril, na praia de Ponta Negra, Paraty. A mostra tem como característica a exibição de filmes brasileiros, sempre de forma gratuita. A exibição é ao ar livre, na areia <3

Foto: evento oficial no Facebook

-> Leia também: guia de Paraty.

O tema dessa edição é Cultura Popular Tradicional Brasileira, e o grande homenageado o escritor Mário de Andrade. Os formatos dos filmes são dos mais variados: longas e curtas de ficção, documentário e animação, mas todos tendo como pano de fundo a diversidade da cultura brasileira, em todas as suas expressões. Terão ainda oficinas ligadas ao mundo audiovisual, perfeito para quem é estudante ou profissional da área. A programação completa está aqui embaixo no post, mas antes vou falar um pouco do local e informações práticas de como chegar.

Sobre o local

Ponta Negra é uma comunidade de pescadores na região conhecida como Joatinga. É considerada uma das praias mais isoladas da região e não tem energia elétrica! De hospedagem, as opções são camping ou casas alugadas.

Eu conheço dois moradores da praia e fiz contato com eles hoje por telefone, 11/04. Eles me disseram que tem 3 campings na praia, sendo que um, o camping do Ismael, já estaria 100% reservado, mas que talvez consigam colocar mais algumas pessoas. Sabem como é… rs. E ainda tem vaga nos outros dois! Tem também casas, desde uma bem simples pra 4 pessoas por 600 reais o período, até outras pedindo 2 mil reais! O ideal é ver com ele de reservar ou chegar lá o quanto antes pra garantir. Ele me autorizou a divulgar aqui o contato dele:

Teteco
024 99956-8822 / 024 3371-2673
tetecoremedios@gmail.com

Ele é barqueiro, então dá pra marcar com ele a ida de Laranjeiras pra Ponta Negra. Ele disse que está cobrando 40 reais por pessoa, o trecho (mínimo de 2 pessoas). Ele também pode ajudar com reservas de casas e camping, e ainda organiza caminhadas guiadas pela região!

Aliás, Ponta Negra é a base para se fazer a trilha da Cachoeira do Saco Bravo, conhecida por seu visual único de uma piscina natural formado pela água da cachoeira à beira-mar. Acho que uma foto vai ajudar a ilustrar:

Foto: Acervo Ecoguias/Divulgação

Para chegar em Ponta Negra, tem que ir de ônibus ou carro até Paraty, mais especificamente em Laranjeiras, próximo a Trindade. Dali, deve-se pegar a trilha que vai para Praia do Sono, mas seguir ainda pelas praias de Antigo e Antiguinhos, tudo bem sinalizado. Ponta Negra é depois de todas essas, mas o trajeto completo deve levar umas 3hs. Uma opção pra quem não está com tanta disposição é pegar um barco no Condomínio das Laranjeiras direto pra praia. Importante: Até onde eu sei, o acesso ao Condomínio por onde se pega o barco é fechado às 18h. Então se programe para chegar lá ainda de dia!

PROGRAMAÇÃO

13 de abril

10h às 12h: Oficina AME – Vídeo – Interpretação
10h às 12h: Oficina de vídeo – Captação de Imagens
14h às 16h: Oficina de Vídeo – Edição.
19h às 22h30: Sessão de cinema

Curtas:

Oficina AME, realizado na 6ª mostra Maré Cheia
Oficina de Astronomia, realizado na 6ª mostra Maré Cheia
Corrida de Canoa Caiçara, realizado na 6ª mostra Maré Cheia
Exibição de curtas – doc., ficção, animação – a serem selecionados em edital da mostra e convidados.

Longa:

“O Auto da Compadecida”, de Guel Arraes

14 de abril

10h às 12h: Oficina AME – Vídeo – Interpretação.
10h às 12h:Oficina de vídeo – Captação de Imagens.
14h às 16h: Oficina de Vídeo – Edição.
16h20 às 17h: Performance, “Boi Turrão” com Sérgio Luiz.
19h às 22h15: Sessão de cinema

Curtas:

Oficina AME, realizado na 6ª mostra Maré Cheia
Oficina de Astronomia, realizado na 6ª mostra Maré Cheia
Corrida de Canoa Caiçara, realizado na 6ª mostra Maré Cheia
Exibição de curtas – doc., ficção, animação – a serem selecionados em edital da mostra e convidados.

Longa:

22h30 – “Jonas e o Circo sem Lona” de Paula Gomes.
Apresentação musical: “Mundiá Carimbó”

15 de abril

9h30 às 11h30: Oficina AME – Vídeo – Interpretação.
9h30 às 11h30: Oficina de vídeo – Captação de Imagens.
16h30 às 18h30: Oficina de Vídeo – Edição.
12h30 às 15h: Corrida de Canoa Caiçara
15h15h “Cirandeiros de Paraty”, Grupo de Dança Ciranda de Ponta Negra
19h às 22h30: Sessão de cinema

Curtas:

Trabalho final Oficinas de Vídeo realizadas na 7ª mostra Maré Cheia.
Corrida de Canoa Caiçara realizado na 7ª mostra Maré Cheia.
Exibição de curtas – doc., ficção, animação – a serem selecionados em edital da mostra e convidados.

Longa:

22h15 – “O Mistério do Samba”, de Carolina Jabor e Lula Buarque de Hollanda.
Apresentação musical: “Mundiá” Carimbó + “Cirandeiros de Paraty”

16 de abril

10h às 12h: Oficina de vídeo – Edição
18h45 às 22h: Sessão de cinema

Curtas:

Trabalho final Oficinas de Vídeo realizadas na 7ª mostra Maré Cheia.
Corrida de Canoa Caiçara realizado na 7ª mostra Maré Cheia.
Exibição de curtas – doc., ficção, animação – a serem selecionados em edital da mostra e convidados.

Longa:

21h – “Gonzaga: de Pai para Filho”, de Breno Silveira.
Apresentação musical: “Mundiá” Carimbó e “Cirandeiros de Paraty”

Resumo

7ª Mostra Maré Cheia de Cinema. Evento no Facebook.
Local: Praia de Ponta Negra, Paraty
Datas: de 13 a 16 de abril/2017
Realização: Coletivo João do Rio, em parceria com o Sesc.

Fonte da programação: site de Paraty.

1 comentário Adicione o seu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *