O que fazer (e não fazer) na Lapa

Arcos da Lapa, Rio de Janeiro
Arcos da Lapa (Foto retirada do site http://www.riofan.com.br/)

Última atualização: 11/05/17.

A Lapa é um dos points noturnos mais famosos do Rio. Entre os cariocas, no entanto, está longe de ser uma unanimidade. Nem todo mundo ama, mas uma coisa é certa: a Lapa é um dos lugares mais democráticos do Rio. Tem quase tudo. Por isso, recomendo entrar no lifestyle carioca e não decidir nada com antecedência. Simplesmente vá e decida aonde entrar (se quiser) na hora.

Primeira dica: prefira sextas-feiras ao invés de sábados. É o dia que fica mais animado e tem mais opções.

O que fazer: bares e festas

Como eu falei, o ideal é ir e ver na hora qual lugar mais te agrada. A Lapa é um lugar muito eclético, então com certeza você vai achar alguma coisa que combine com a sua vibe. Para ajudar, vou dar só algumas sugestões, junto com algumas informações úteis sobre cada alguma delas.

1) Botecos: todas as vezes que vou pra Lapa eu começo minha noite no animado Bar da Cachaça (esquina da Gomes Freire com a Mem de Sá) . E 90% delas eu fico só por ali mesmo e nem entro em festa nenhuma, hahaha. Tem dois bares, um do lado do outro, especializados em cachaça. Tem uma variedade incrível de sabores e o preço é justo (média de R$5,00 por copo pequeno). 

Seguindo mais pra frente, do outro lado da rua, tem um bar conhecido como Litrão, que é um dos lugares mais baratos por ali pra beber cerveja. O Arco-Íris da Lapa é outro bar bem no estilo boteco sem frescura, com cerveja barata e bons petiscos. Ainda na esteira de bares baratos, tem o Ximeninho, quase em frente ao Cachaça, que além de oferecer um dos melhores preços para cerveja tem pratos como baião de dois a preços justíssimos.

2) ShowsCirco Voador: arrisco dizer que é a casa de shows mais tradicional do Rio. Tem que verificar a programação, mas normalmente são artistas e bandas de Rock e MPB de grande qualidade. O preço varia de acordo com o show, mas fica na média de 40 a 60 reais a meia-entrada. A Fundição Progresso também tem uma programação interessante, mas por ser fechado não é tão agradável quanto o Circo, embora tenha uma área externa para fumantes incrível com vista para os Arcos. A dica anterior de não se programar não vale tanto para shows, já que pra maioria deles o ideal é comprar antecipado.

3) Rock n’roll: para provar o quanto a Lapa é democrática, vou te dar três sugestões de lugares para ouvir rock. Irish Pub (Rua Evaristo da Veiga, 147), Boemia Cavern Pub (Praça João Pessoa, nº 02, esquina da Gomes Freire com Mem de Sá) e La Esquina (Av. Mem de Sá, 61). Esse último é mais eclético, então é bom acompanhar a programação pelo site no link, que aliás é super completo e conta até com tour virtual!

4) Música brasileira:  Todas as sextas, tem a roda de samba do Marimbondo no Bar da Nalva (Rua Silvio Romero, 8) que fica bem cheio e animado. Se quiser algo um pouco mais sossegado, Bar Semente é uma casa com música ao vivo de extrema qualidade. Tem jazz, bossa nova e chorinho, mas o carro-chefe da casa é samba. O valor da entrada é na faixa dos R$40,00. Leviano Bar (Av. Mem de Sá, 47) é uma casa que tem programação eclética. Às quintas-feiras, por exemplo, tem salsa ao vivo no primeiro andar e forró no segundo! Às sextas e sábados, o local costuma fazer festas com vários estilos musicais, indo do funk ao samba. Confira a programação certinha pelo site.

5) Coffeeshops: Sabemos que no Brasil a maconha não é legalizada, mas na Lapa tem lugares que se autodenominam coffeeshops. Vendem só os acessórios, às vezes até itens de vestuário temático, hahaha. O Ganjah Lapa (Rua do Rezende, 76) tem uma loja no primeiro andar e no segundo um pequeno espaço para shows – a agenda é animada e eclética – e uma varanda agradável.  O Smonkey Rio (Av. Mem de Sá, 99) tem tido também eventos de música ao vivo, e tem uma loja mais simples. Tem ainda o Jacaré Azul, que é mais uma tabacaria mesmo. Não tem eventos por lá, mas tem vários acessórios legais.

Laricas pré ou pós night

Para comer, a Lapa também tem muitas opções, com inúmeros bares e restaurantes. Porém,  se você quer comer algo rápido, antes ou depois de entrar em alguma festa, aqui vão algumas sugestões:

  • Na área perto dos Arcos, você vai encontrar uma infinidade de barraquinhas vendendo bebidas e algumas vendendo comidas, como churrasquinhos, hambúrgueres e coisas do tipo. Bom, você que tem que avaliar se o lugar parece limpo o suficiente para você confiar o seu estômago. Uma dessas barraquinhas que eu indico sem medo é o Burguer Lapa. O preço é bom (de 7 a 12 reais, aproximadamente), é bem limpinho e os sanduíches são uma delícia.
  • No posto de gasolina em frente aos Arcos, tem um Bob’s que também pode salvar os esfomeados. Nesse posto tem também os únicos terminais 24h para sacar dinheiro por ali.
  • Para algo mais elaborado, sugiro o Contemporâneo Lapa: um restaurante pequeno e simples que tem algumas coisas deliciosas, como sanduíche de pernil no pão de queijo. O atendimento foi excelente e rápido.
  • Para pizza, sugiro a Pizzaria Guanabara (Av. Mem de Sá, 17), que é bem tradicional e fica aberta até tarde ou a Vezpa (Rua do Lavradio, 198), que também tem a opção de comprar apenas uma fatia.
  • Bonde Sucos: do lado do Leviano Bar, é uma lanchonete que serve sucos e sanduíches. Se você estiver procurando uma opção mais saudável, é o lugar certo.
  • Pouco dinheiro? Que tal um salgado de 1 real? Sim, 1 real!!! E é gostoso, gente, eu já provei. Fica na Rua do Lavradio,  172. O preço é o mesmo desde 2003 e é um negócio de família.
salgados-1-real-lapa
Foto: www.gastronomiaderua.com.br

O que não fazer

  • Se você for turista, há uma grande chance de terem te indicado o Rio Scenarium para curtir na Lapa. Bom, a casa realmente é legal, o problema é que, além de caro, é um lugar frequentado quase que exclusivamente por estrangeiros. Os locais não vão lá. Se você quiser ter uma visão mais autêntica da noite na Lapa, prefira as opções que eu indiquei ali em cima.  
  • Outro lugar que eu, particularmente,  não curto é o Teatro Odisséia. Filas gigantes de adolescentes com carteiras falsificadas e pop/rock indie nas caixas.
  • Para os shows, não recomendo comprar ingressos de cambistas na porta. Além de ilegal, há um risco de os ingressos serem falsos. 
  • Evite beber shots de tequila na rua ou outras bebidas de lugares pouco confiáveis. Também não recomendo comprar drogas ali, pois além de terem uma qualidade duvidosa, a fiscalização da Lapa Presente e até da Polícia Militar costuma ser bem intensa.
  • Cuidado com celulares nos bolso de trás ou câmeras à mostra. Assaltos são mais comuns em partes desertas da Lapa, mas furtos acontecem normalmente nas aglomerações.
  • A Lapa tem de tudo: todos os estilos musicais, tribos e energias.  Eu, por exemplo, não gosto da energia do pedaço antes dos Arcos (de quem vem da Zona Sul). Mas isso é de cada um, então fique atento com o que está acontecendo ao seu redor e escolha um lugar onde você se sinta bem 🙂

De dia

E nem só de boemia vive a Lapa. Durante o dia, você pode conhecer os Arcos e a Escadaria Selarón (Rua Joaquim Silva).

Além disso, no primeiro sábado do mês, acontece a Feira Rio Antigo,  e a Rua do Lavradio fica tomada por barraquinhas vendendo artesanato, antiguidades e outras coisas legais. Às vezes tem grupos de música se apresentando na rua e vários restaurantes tradicionais estarão abertos para o almoço. Ainda nos primeiros sábados de cada mês, tem o Baile Charme do Rio Antigo na Rua do Rezende, pra ir depois da feira.  Começa a partir das 15h e é de graça.

E que tal um tour pelos graffitis e arte de rua da Lapa, guiado por um artista? Também nos primeiros sábados do mês, o Lapa Graffiti Tour sai às 10h, em frente ao Bob’s do posto Shell (entre a Riachuelo e a Mem de Sá). Contribuição livre e consciente!

Se quiser esticar o seu dia, vale a pena subir para Santa Teresa. Pegue o bondinho no Largo da Carioca (8h às 16h, de segunda a sábado, exceto feriados ou o ônibus 007 na Av. Gomes Freire e veja dicas do que fazer por lá nesse post.

Bons passeios!

6 comentários Adicione o seu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *